fabio gomes

Natural do Rio de Janeiro, me graduei em Gestão de Segurança Privada pela Universidade Estácio de Sá, possuo cursos operacionais pela Tactical Explosive Entry School - TEES BRAZIL e fui qualificado como mestre em Ving Tsun, tradicional sistema marcial chinês de inteligência estratégica, com base no desenvolvimento humano, pelas organizações Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence e International Moy Yat Ving Tsun Federation, sob mentoria do grão-mestre Leo Imamura. Visando aprimorar meus conhecimentos em Ving Tsun, estive na China e em países dos continentes americano e europeu.

Sempre participo de atividades ligadas a assuntos pertinentes a Segurança e Defesa, buscando estar atualizado com inovações de âmbito nacional e internacional, por meio de especialistas renomados e com ampla experiência.

Desde 1999, promovo estudos sob medida sobre o cultivo da inteligência estratégica, através do sistema Ving Tsun, para estes segmentos, auxiliando profissionais a desenvolver e/ou refinar comportamentos estratégicos.

Ao longo de minha carreira, proferi workshops, cursos e palestras para área de Segurança Privada, instruções para operadores de elite (1º Batalhão de Forças Especiais do Exército Brasileiro, Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, Batalhão de Operações Policias Especiais - BOPE da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, entre outras) e contribuí com o preparo de militares brasileiros para Operações de Paz das Nações Unidas (Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil).

Atuei também, como instrutor convidado, no Centro de Instrução de Operações Especiais do Exército Brasileiro, para o Curso de Ações de Comandos (CAC) e o Curso de Forças Especiais (CFEsp). 

​Além da elaboração de treinamentos, presto serviço de consultoria em segurança para empresas interessadas em aprimorar o comportamento estratégico de seus colaboradores. 

​Devido ao trabalho que desenvolvo, escrevi artigos para o Jornal da Segurança e para Doutrina Militar Terrestre em Revista (publicação do Comando de Operações Terrestres - COTER, por intermédio do Centro de Doutrina do Exército Brasileiro) e fui convidado a participar de matérias na imprensa escrita/televisiva (Revista VEJA, Jornal da Record e Esporte Espetacular da TV Globo).

DOCUMENTOS DE AGRADECIMENTO DE ORGANIZAÇÕES MILITARES:

Fabio Gomes